GABRIELA NOUJAIM

divulgação claudia.jpg

Mulheres Latinamerica 2020 | 2020 | Vídeo

Rio de Janeiro, RJ, 1983

Vive e trabalha em Rio de Janeiro, RJ

Noujaim tem estruturado sua poética tencionando as noções de permanência e risco, como a defesa sobre a violação aos corpos, as crises políticas e desastres ambientais. Formada em gravura na Escola de Belas Artes, UFRJ, em 2007, Gabriela, se insere em uma tradição de exploração dos limites e possibilidades da gravura, com nomes como Fayga Ostrower, Anna Letycia, Anna Maria Maiolino, Anna Bella Geiger e Leya Mira Brander.

Em 2020, participou da ARTFEM – Women Artists 2nd International Biennial of Macau, China, da exposição Feminist Art Fest na OCAD University, Canadá, e da residência artística Capacete, Rio de Janeiro. Em 2019, participou das exposições O Ovo e a Galinha (coletiva) e Maracá (individual / Espaço Anexo) na galeria Simone Cadinelli Arte Contemporânea, Rio de Janeiro. Recebeu menção Honrosa no festival de videoarte "Lumen EX" (Badajoz, Espanha); foi finalista do 3m Love Songs Festival no Instituto Tomie Ohtake (2014); recebeu o prêmio de aquisição da 39ª exposição de Arte Contemporânea de Santo André, SP (2011) e foi indicada ao Prêmio PIPA (2012).  

 

Possui obras nas coleções: Museu de Arte do Rio; Instituto Ibero-Americano, Berlim; Centro Cultural São Paulo; Museu de Arte Digital, Valência; Palácio de Las Artes Belgrano, Buenos Aires; Casa da Cultura da América Latina (CAL/UnB).

OBRAS

1/3

VÍDEO - FIANDEIRAS