O ovo da serpente

Rafael Cardoso, 2007

Sobre Ovo da Serpente (2007) - Exposição Extra Muros

Paço Imperial - Rio de Janeiro/RJ

 

Com seu uso do fotograma cinematográfico como ponto de partida tanto para a serigrafia quanto para a instalação, Gabriela Noujaim coloca em questão o estatuto da imagem como algo à parte da realidade em que nos movimentamos. Onde termina o espaço virtual e onde começa o atual? Qual a separação entre coisas e não-coisas? A imagem está presente sempre, mas em diferentes estados, que vão do sólido ao etéreo. Impressa como serigrafia, ela ganha materialidade e substância. O rosto da atriz Bibi Andersson – conhecido de todos pela fantasmagoria cinematográfica –, passa ao estágio tátil e encontra-se disposto com pródiga densidade por cinco metros de extensão, na obra Sétimo selo. Já na instalação O ovo da serpente, a imagem retorna ao estado fugaz, de luz e vibração, apenas entrevista através das finas camadas de tecido. Situada em pleno espaço físico, onde duas coisas supostamente não podem ocupar o mesmo lugar ao mesmo tempo, ela só existe como percepção.

Onde reside o mal que nasce do ovo da serpente, se nem o ovo existe fora de nossas mentes? Ele não resiste, e se dissipa nas dobras suaves da imagem rebatida. Em meio a tudo isso, persiste unicamente a frágil e impalpável luminosidade da ação criadora, a qual domina o recinto escuro. O visitante leva consigo impressões e memórias, sombras do silêncio que

experimentamos diante da imanência da obra.

 

PATROCÍNIO

cinza_site_gpg_logo_rgb.png
  • Grey Instagram Ícone
  • Grey Facebook Ícone
  • Cinza ícone do YouTube

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO

SEGUNDA A SEXTA-FEIRA - 10h ÀS 19h

SÁBADO - 11h ÀS 15h

CONTATO@SIMONECADINELLI.COM

+55 21 3496-6821  |  +55 21 99842-1323 (WhatsApp)